O poder da eucaristia

Ensina Santo Ambrósio: “Como faz o pão para tornar-se o Corpo de Cristo? Por meio da Consagração. E a Con­sagração com que palavras é feita? Com as palavras de. Jesus. Quan­do chega o momento de realizar o sagrado mistério, o Sacerdote pára de falar por si mesmo, e começa a falar na Pessoa de Jesus”.

As palavras da Consagração são as palavras mais espantosas de que Deus fez uma doação à Igreja. Essas pala­vras têm o poder de transformar um pouco de pão e vinho em Jesus, Deus Crucificado! Elas realizam um mistério oculto de sumo poder, que supera o poder dos Serafins e que pertence só a Deus e aos Sacerdotes. Não deveríamos ficar maravilha­dos, pois, sabendo que houve Santos Sacerdotes que sofriam angustiosamente, quando pronunciavam aquelas palavras divinas. S. José de Copertino e, em nossos dias, o Pe. Pio de Pietralcina pareciam ficar visivelmente oprimidos por uma angústia mortal, e só penosamente, e aos arrancos, é que conseguiam terminar as duas fórmulas da Consagração. O Padre Guardião quis fazer uma pergunta a S. José de Copertino: “Como é que pronuncias de modo claro as pala­vras da Missa toda, e nas palavras da Consagração ficas tropeçando em cada sílaba?” E o Santo lhe respondeu: “As palavras santíssimas da Consagração ficam sobre os meus lábios como umas brasas acesas; ao pronunciá-las preciso fazer como quem tem que engolir alimentos fervendo…”

É por aquelas divinas palavras da Consagração que Jesus está sobre os altares, está em nossos Sacrários, está nas cândidas hóstias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: