Imaculada Conceição

Imaculada Conceição é um dogma católico declarado em 1854, pelo Papa Pio IX.

Por meio de título, professamos a prerrogativa concedida unicamente a Nossa Senhora: Maria foi concebida sem a mancha do pecado original por sua mãe Santa Ana.

Este privilégio foi dado a Maria em vista daquele que seria gerado por ela: Jesus Cristo.

Testemunho da escritura

1- O diálogo entre Deus e a serpente no paraíso: Gn 3,15 – esta mulher é Maria – a nova Eva. O pecado é a mancha da serpente, que não poderia ser transmitida ao Filho de Deus.

2- A saudação do anjo Gabriel em Lc 1,28

O anjo troca o nome de Maria por cheia de graça, como ela é vista pelo próprio Deus.

Falar, pois, que: “Maria achou graça” é dizer que achou a “graça original”. Ora, a “graça original” é a “Imaculada Conceição”!

O Senhor é contigo – se Deus esta com ela, significa que não é possível também estar o pecado.

Por isso, é importante lembrar:

Se qualquer mancha houvesse na formação de Maria Santíssima, teria havido igualmente na formação de Jesus, pois o filho é formado do sangue materno.

O papa Pio XII, em uma carta sobre o centenário das peregrinações à Lourdes, afirmou: “ O papa Pio IX definiu o dogma da Imaculada Conceição, e o céus confirmaram esta verdade na aparição em Lourdes.

Nossa Senhora se apresenta como Imaculada Conceição a Santa Bernardete.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: